O que é ansiedade noturna e como tratá-la para dormir melhor

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Post
Você está visualizando atualmente O que é ansiedade noturna e como tratá-la para dormir melhor

Um bom sono consiste em um componente fundamental para um estilo de vida saudável, influenciando, diretamente, na qualidade de vida e bem-estar geral.

Para pessoas como Vic, isso é mais importante ainda. Blogueira e influencer digital, viajando o Brasil todo várias vezes na semana para cumprir com sua agenda, ela precisa estar bem descansada!

No entanto, na atualidade, um dos adversários mais comuns de uma boa noite de sono é a ansiedade noturna. O ritmo acelerado da sociedade e constante estímulo da tecnologia, gera efeitos negativos.

A ansiedade noturna, muitas vezes, pode resultar em insônia crônica ou outros transtornos do sono, impactando severamente na saúde física e mental do indivíduo.

Mas o que é essa condição? Quais são as formas de descobrir, tratar e prevenir seus efeitos?

O que é a ansiedade noturna?

A ansiedade noturna é caracterizada por altos níveis de ansiedade que ocorrem à noite ou quando uma pessoa está tentando dormir. É tanto um sentimento quanto um diagnóstico físico.

Ocorre mais frequentemente durante o período de repouso, onde a mente tem tempo para divagar e as opressões do dia a dia se tornam ainda mais intensas e incontroláveis.

Trata-se de uma angústia insuportável que pode se manifestar por meio de um ataque de pânico ou agitação extrema, geralmente ligada a preocupações com o futuro, medo do desconhecido ou nervosismo decorrente do dia seguinte.

A ansiedade noturna pode afetar a qualidade do sono de uma pessoa de várias maneiras. Se torna difícil dormir bem durante a noite inteira devido aos pensamentos constantes e inquietantes.

Isso pode resultar em um aumento da fadiga e do cansaço durante o dia, e muitas vezes pode resultar em sonolência diurna, dificuldade de concentração e diminuição da produtividade.

Entenda as causas da insônia e como fazer para dormir melhor com Pro Sleep

Sintomas da ansiedade noturna

Os sintomas da ansiedade noturna são amplamente variados e podem imitar os de muitos outros distúrbios do sono.

Alguns dos sintomas mais comuns incluem insônia ou dificuldade para dormir, pesadelos ou sonhos intensos, suores noturnos e acordar com frequência durante a noite.

Sintomas físicos

Sensações físicas desconfortáveis, como palpitações, aperto no peito, falta de ar ou inquietação, também podem ocorrer.

Ainda, a pessoa pode ter uma sensação geral de nervosismo, preocupação ou medo, que pode se intensificar no silêncio e na escuridão da noite.

Sintomas psicológicos

Os sintomas psicológicos também são comuns em pessoas com ansiedade noturna. Podem experimentar pensamentos acelerados, preocupações excessivas, ruminação ou medo do desconhecido.

A falta de um sono adequado pode resultar em cansaço durante o dia, dificuldade de concentração, irritabilidade e diminuição do desempenho, aprofundando ainda mais o ciclo de ansiedade.

Fatores que contribuem para a ansiedade noturna

Altos níveis de estresse, especialmente quando ligados ao trabalho, problemas familiares ou financeiros, criam uma sensação de preocupação e inquietação que pode persistir até a hora de dormir.

Uso de aparelhos eletrônicos

Com o avanço da tecnologia, claro, o uso de dispositivos eletrônicos antes de dormir, como smartphones e computadores, também pode contribuir para a ansiedade noturna.

A luz azul emitida por esses dispositivos pode interferir com a produção do hormônio do sono, a melatonina, e estimular o cérebro a permanecer alerta.

Uso de estimulantes

Ainda, o uso de estimulantes mentais e corporais antes de dormir aumenta significativamente a ansiedade noturna.

Ingestão de alimentos ricos em cafeína, ou uso de substâncias alcoólicas, aceleram o organismo e interferem diretamente no processamento cerebral, atrapalhando o sono leve e contínuo.

Tratando a ansiedade noturna: o que pode ser feito?

Para tratar a ansiedade noturna, é necessário adotar práticas que promovam o relaxamento físico e mental.

Estilos de vida saudáveis para combater a ansiedade noturna

Desfrutar de uma dieta equilibrada, rica em alimentos nutritivos, pode ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue e, assim, estabilizar o humor.

A criação de uma rotina consistente de sono, incluindo práticas relaxantes antes de ir para a cama, como a leitura ou o banho morno, pode estabelecer um padrão de sono saudável e tranquilo.

Da mesma forma, o uso de técnicas de relaxamento, como a meditação e a respiração profunda, é uma poderosa ferramenta para reduzir a ansiedade e promover um sono de maior qualidade.

Tratamentos medicamentos

Complementando as práticas de estilo de vida saudável, o tratamento medicamentoso para a ansiedade noturna também pode ser uma estratégia efetiva.

Os remédios mais comumente prescritos para esse problema são os ansiolíticos, como os benzodiazepínicos, e os antidepressivos, especialmente aqueles que pertencem à classe dos inibidores seletivos da recaptação de serotonina (ISRS).

O objetivo é restabelecer o equilíbrio químico no cérebro e, assim, reduzir sintomas. Alguns fitoterápicos, como a valeriana e a passiflora, também são utilizados para promover a sensação de calma.

Vale lembrar que o uso de qualquer medicamento deve ser sempre orientado por um profissional de saúde.

Quando consultar um profissional de saúde mental?

Embora práticas de vida saudáveis e técnicas de relaxamento possam ajudar a controlar a ansiedade noturna, em casos onde os sintomas são persistentes, intensos ou se agravam com o tempo, é essencial buscar ajuda de um profissional de saúde mental.

São treinados para entender e tratar transtornos mentais, podendo oferecer opções de terapia que gerenciem efetivamente os sintomas da ansiedade noturna.

Isso pode incluir aconselhamento, terapias conversacionais, intervenções comportamentais ou o uso de medicamentos, dependendo da severidade dos sintomas.

Lidando com a ansiedade noturna em casa

Se a sua ansiedade noturna persiste e se agrava, você pode tomar medidas adicionais para lidar com ela em casa, enquanto estiver buscando a ajuda profissional.

É importante garantir uma rotina de sono regular e saudável, seguindo as dicas dadas acima, adotando técnicas e estratégias no seu dia a dia e durante sua noite para eliminar sua incidência.

Para isso, fique por dentro das melhores técnicas para relaxar e dormir rapidamente e comece a mudar agora mesmo sua qualidade de sono.