Colchão: quando um se mexe o outro não sente

Você está visualizando atualmente Colchão: quando um se mexe o outro não sente

Dividir a cama pode ser bem desconfortável quando um dos parceiros se mexe muito durante a noite. A diferença de altura e peso também pode provocar movimentos desagradáveis no colchão. Por isso, separamos algumas dicas para quem deseja um colchão que quando um se mexe e outro não sente.

Colchão de espuma

O colchão de espuma pode até ser mais estável do que o de mola. Porém, é preciso se atentar para o a escolha da densidade correta do produto. Afinal, é ela quem determina tanto a firmeza quanto a capacidade de peso que o colchão poderá suportar.

No caso de uma cama que será compartilhada, existe uma técnica simples que ajuda a definir qual será a densidade ideal do colchão para o casal, principalmente se as duas pessoas tiverem um biotipo muito diferente um do outro.

Para não errar na escolha, você deve calcular a altura média dos dois e pegar o maior peso entre ambos. Após o cálculo, basta consultar a tabela Instituto Nacional de Estudos do Repouso (INER) disponível aqui. Para mais informações sobre densidade, acesse nosso post sobre o assunto.

Colchão de mola

Já as pessoas que preferem colchões mais macios, podem optar por um colchão de mola. Mas, atenção! Se você quer um colchão que quando um se mexe outro não sente, você precisa optar pelos modelos que possuem molas ensacadas individualmente.

Nesse tipo de produto, todas as molas são ensacadas uma por uma e não existe interligação direta entre elas. Isso significa que os movimentos não são propagados de uma mola para outra. Ou seja, podemos notar tanto uma diminuição dos ruídos quando dos molejos indesejados.

Pillow Top: para que serve e como escolher

Para encontrar o colchão ideal para você e seu parceiro, não deixe de dar uma olhadinha em nossa sessão de reviews. E aí, vamos escolher um colchão perfeito para o casal?