Dormir bem ajuda na saúde mental, saiba por quê

Você está visualizando atualmente Dormir bem ajuda na saúde mental, saiba por quê

Se tem uma área da ciência que está deixando de ser um tabu e virando assunto sério, sendo retratado em filmes como Coringa (2019), entre outros, é a saúde mental. Cuidar da cabeça e dos sentimentos se mostra tão importante como o cuidado físico do corpo.

Todavia, o que muitos não sabem é que a saúde mental está intrinsecamente ligada a boa qualidade de sono. Quando dormimos a quantidade de horas indicadas, e principalmente, tranquilamente, os efeitos positivos gerados em nosso organismo são absurdos.

O sono regulado e com qualidade permite a prevenção de uma série de doenças e enfermidades que podem atingir o corpo, reduzindo significativamente a incidência de ansiedades e estresses.

Uma pesquisa realizada na Universidade de Otago, na Nova Zelândia, realizada com mais de 1000 pessoas entre 18 a 25 anos, mostrou que pessoas com sono adequado apresentam menos sentimentos negativos e mais disposição no dia a dia.

Todos esses fatores mostram como devemos nos preocupar mais com a atenção dada ao momento de dormir e como utilizar isso a favor de nossa rotina, de forma a melhorar nossa saúde e desempenho.

Por isso, hoje vamos mostrar os benefícios de dormir bem, possuir um sono adequado, regulado e que auxilie no controle geral do dia a dia, de forma que você saia daqui decidido que antes de tudo, é necessário cuidar do seu bem estar.

A importância do sono regulado para a saúde mental

Você já deve ter percebido que quando tem noites mal dormidas, seja porque dormiu muito tarde e acordou cedo, seja pelo excesso de preocupações que causaram insônia, ou qualquer outro motivo, seu dia teve um rendimento péssimo.

Acordou mal humorado, passou o dia mais sério, com vontade de dormir o tempo inteiro, implorando para conseguir deitar novamente em sua cama. Bom, tudo isso mostra como o sono interfere nos nossos sentimentos, emoções e principalmente na nossa saúde.

Isso porque o organismo é uma máquina que precisa descansar, para repor energia e realizar suas funções com excelência. Quando esse ciclo é atrapalhado, o desempenho fica atrasado, resultando em mais dificuldade de foco, concentração e menos disposição.

O excesso de sono acaba por gerar sentimentos ruins que despertam gatilhos mentais, de forma a desencadear ansiedade, estresse e dependendo da frequência, até mesmo depressões. Com esses fatores, deteriorar a qualidade de vida é consequência certa.

Por isso, a ciência busca cada vez mais mostrar a importância do sono na saúde mental e como diagnósticos de certas enfermidades podem ser melhorados com a prática regular de dormir bem. 

Distúrbios mentais potencializados pelo sono

Como citamos acima, alguns problemas podem ser desencadeados por não dormir bem e ter o sono desregulado, sendo incisivos na saúde mental. Por isso, entender como a má qualidade de sono interfere na saúde é essencial.

Ansiedade

Não dormir bem e a ansiedade acaba sendo uma ligação muito recorrente entre as pessoas. Pessoas ansiosas tendem a ter dificuldades para dormir, já que a mente sempre está em constante pensamento e relaxar acaba não sendo tão simples assim.

Da mesma forma, ficar sem dormir bem acaba desenvolvendo ansiedade potencializada. Estudos apontam que crianças e adolescentes até 16 anos que já sofrem com ansiedade, apresentam ciclos completamente irregulares de sono, sem dormir bem.

Paralelamente, pessoas com a saúde em dia e que apresentam sono insuficiente também podem ser alvos de ansiedade, já que a privação de conseguir dormir bem acaba por causar cansaço em excesso para a mente que desenvolve um comportamento ansioso. 

Depressão

A falta de sono e não dormir bem desencadeiam depressões. Recentemente, uma pesquisa com mais de 21 estudos revelou que pessoas com insônia aumentam em duas vezes o risco de contraírem algum tipo de depressão.

Para saber como o sono poderia ajudar a barrar um pouco a incidência de depressão, um estudo com mais de 3000 colaboradores dividiu a forma de tratar a falta de sono, aplicando em alguns a Terapia Cognitivo-comportamental (TCC) e em outros não.

Aqueles que receberam tratamento adequado que visava diminuir a insônia mostraram reduções consideráveis na depressão, stress, ansiedade e até em pesadelos, conseguindo dormir bem e melhorar o bem estar de modo geral.

Como melhorar a qualidade de sono e dormir bem

Para melhorar a qualidade de sono e voltar a dormir bem, ou então conquistar esse presente, algumas mudanças na rotina são especiais, nas quais podem destacar:

  • Faça a higiene do sono – cuidados com a pele, tomar um chá, um banho, ler um livro antes de dormir, acalma o organismo e permite mais receptividade para dormir bem;
  • Faça exercícios físicos – Cuidar do corpo físico acaba por estimular o organismo e auxiliar em uma maior controle emocional e qualidade adequada de sono;
  • Cochilos mais rápidos – evite dormir muito durante o dia, colocando mais limites para que consiga dormir bem a noite;
  • Desconecte-se de aparelhos – afaste-se do celular, televisão e tudo aquilo que irá tirar o foco do sono, se concentrando em esvaziar a mente para um sono mais certeiro;
  • Busque por ajuda! – caso esses mínimos cuidados não sejam suficientes, procure um médico especialista e inicie um tratamento paralelo para que não seja atingido e não consiga dormir bem.

Dormir bem exige um colchão de qualidade

Por fim, dormir bem está totalmente ligado também a um colchão de qualidade, afinal, o local onde dormimos diz muito sobre o conforto e a experiência gerada, influenciando diretamente para que tudo ocorra bem.

Quando o colchão é muito duro, ou menor que nosso corpo, além de mal posicionado, é inevitável ter dificuldade em dormir bem, revirando bastante durante a noite, acordando todo tempo e ainda ficando com dores de coluna e de mau jeito.

Por isso, é fundamental saber escolher o melhor colchão para seu caso, sempre optando por materiais macios e do tamanho adequado, além de escolher modalidades avançadas que auxiliem no tratamento da coluna e possibilitem mais conforto de acordo com sua realidade.

Saiba como anda seu sono e comece a dormir bem!

Agora que você já sabe a importância de dormir bem, faça um diagnóstico de como está seu sono atualmente, descobrindo o que precisa melhorar e como regular, recebendo um relatório completo com dicas práticas para melhorar a qualidade de sono.

Cuide do seu bem estar e faça a diferença na sua saúde!