Como acalmar a mente para dormir e ter um sono profundo?

Você está visualizando atualmente Como acalmar a mente para dormir e ter um sono profundo?

A hora de dormir pode ser um grande desafio para muita gente. Insônia, dificuldades para ter um sono profundo, acordar no meio da noite, sem contar nos distúrbios de sono, são alguns dos problemas mais comuns. 

O sono tem função primordial na saúde do corpo e da mente, por isso quem passa por problemas para dormir precisa encontrar maneiras de resolver essa situação. 

Um dos primeiros passos é relaxar e acalmar a mente para chegar ao sono profundo sem problemas. 

Mas como fazer isso? Acompanhe algumas dicas para conseguir acalmar a mente e ter mais qualidade de sono!

6 dicas para acalmar a mente e ter um sono profundo

Quem sofre com insônia sabe que conseguir relaxar de verdade é uma grande dificuldade, mas é essencial para conseguir um sono profundo e descanso de verdade. 

Acalmar a mente depende de vários fatores, sendo que o principal objetivo é fazer o cérebro entender que é hora de dormir e que ele pode deixar as preocupações para o outro dia. Várias atitudes podem contribuir com isso, veja a seguir!

1. Tenha uma rotina de sono

Uma rotina de sono nada mais é do que uma sequência de atividades repetidas diariamente antes de dormir que, depois de um tempo, indicam para o cérebro que já é hora de se acalmar e dormir. 

Primeiro, é preciso definir o que será feito. É importante que sejam atividades curtas, que não ativam o cérebro. Algumas das coisas que podem ajudar é:

  • diminuir as luzes do ambiente e deixar apenas iluminação amarelada (que não é estimulante ao cérebro);
  • tomar uma bebida quente; 
  • ler algumas páginas de um livro;
  • lavar o rosto e escovar os dentes;
  • passar hidratante no corpo;
  • deitar para dormir e apagar as luzes. 

Claro, essas atividades são apenas algumas ideias que podem ajudar no relaxamento, mas é possível adequar para sua realidade, o importante é que sejam repetidas diariamente até o cérebro entender que tal sequência indica que você está indo para a cama. 

2. Tome um banho quente e relaxante

Banhos quentes ajudam a relaxar os músculos do corpo, o que ajuda na hora do descanso e para conseguir um sono profundo de verdade. O banho quente pode, inclusive, ser uma das atividades da rotina do sono. 

Nesse caso, é importante que o banho seja realmente relaxante, sem movimentos bruscos e, de preferência, com iluminação mais baixa ou apagada, para ajudar ainda mais a acalmar a mente.  

3. Respire profundamente

A respiração profunda tem muito poder no relaxamento, pois é uma atividade que exige concentração do cérebro em apenas uma coisa e ajuda a oxigená-lo de maneira mais completa. 

Com isso, a mente se acalma e os músculos conseguem ficar menos enrijecidos, já que essa é uma característica relacionada à ansiedade e a preocupação. 

Ou seja, quanto mais preocupado, mais os músculos se enrijecem. E quanto mais a mente está concentrada na respiração, menos focada está nas preocupações. 

Portanto, respirar profundamente é um ciclo que contribui com inúmeros pontos, desde a ansiedade até o relaxamento do corpo. Uma dica é seguir a sequência 4-7-8, inspirando 4 segundos, segurando o ar por 7 segundos e soltando em 8 segundos. 

4. Medite antes de dormir

A respiração é uma das atividades que fazem parte da meditação – e isso não é à toa. A meditação tem o objetivo de “limpar a mente”, ou seja, tirar o foco dos pensamentos nas preocupações e ansiedades e a respiração profunda tem grande contribuição nisso. 

A partir da meditação, o indivíduo consegue tirar o foco dos seus pensamentos repetitivos que levam à ansiedade, ajudando a acalmar a mente e, consequentemente, contribuindo com um sono profundo e revigorante. 

É possível encontrar várias opções de meditação guiada para o sono. Coloque para tocar na hora de dormir e se concentre em respirar profundamente e focar apenas na meditação. 

5. Anote as tarefas do dia seguinte

Quem tem uma rotina muito corrida acaba tendo dificuldade em esquecer das tarefas a serem feitas na hroa de dormir. São tantas preocupações que o cérebro não “aceita” relaxar, com medo de esquecer algo. 

Fazer uma lista de tarefas para o dia seguinte antes de se preparar para dormir é uma boa ideia para quem sofre com isso, pois o cérebro “perde o medo” de esquecer daquelas tarefas, pois sabe que foram anotadas. Assim, consegue relaxar muito mais. 

Isso serve também para outras tarefas da vida: ao se lembrar de algo que precisa fazer, anote no mesmo momento, para que essa preocupação não volte à sua mente bem na hora de dormir. 

Da mesma forma, deixar todos os itens que irá precisar para o outro dia prontos (roupa, bolsa, alimentos) também faz com que o cérebro entenda que pode dormir um sono profundo e tranquilo. 

6. Escreva as preocupações

Ter um diário em que você escreve todas as preocupações pode ajudar a despejar tudo o que está na mente em outro lugar, ajudando a “limpar a mente”, assim como a meditação. 

Inclusive, a escrita também é considerada por muitos estudiosos uma forma de relaxamento, pois ajuda o indivíduo a prestar atenção em seus sentimentos e, depois, “tirá-los” de sua mente. 

Depois de um dia muito agitado, escreva sobre todas as preocupações que teve, sobre o que aconteceu, as tarefas que surgiram, dificuldades e afins. Assim sua mente estará mais sossegada para realmente se preparar para dormir. 

Com essas dicas, ter um sono profundo pode ficar muito mais fácil para você! Mas se os problemas continuarem, é importante avaliar exatamente o que está acontecendo. 

Em nosso Diagnóstico do Sono você consegue entender como funciona o seu sono e receber um relatório completo sobre a qualidade dele. Faça o teste e descubra!