Ciclo do sono: quais as fases e como funcionam

Você vai ver nesse post...

Como o ciclo do sono afeta nossa sensação de descanso durante a noite? É preciso me preocupar com esse tipo de informação? 

Apesar de não conseguirmos controlar em que fase do nosso sono estamos, conhecer as etapas pode ajudar você a entender por que está tão cansado. 

Isso porque o ciclo do sono está muito relacionado com nossa sensação de descanso, pois é durante suas etapas que diversas funções dos nossos cérebro acontecem. 

As fases do ciclo do sono

A divisão do tempo em ciclos e etapas vem das necessidades que o cérebro tem em cumprir inúmeras funções durante o tempo de descanso. É durante o sono que ele regula hormônios, faz novas conexões neurais, armazena a memória e descansa de fato. 

O ciclo do sono pode ser dividido em duas fases principais, que acontecem nessa ordem:

  • sono NREM (ou Não-REM, que significa Non-Rapid Eye Movement, ou “não-movimento rápido dos olhos, em português)
  • sono REM (Rapid Eye Movement, ou “movimento rápido dos olhos”, em português)

Ou seja, o sono não é algo linear e constante. Em cada momento da noite algo diferente está acontecendo no cérebro. 

Por conta de tanta coisa acontecendo no cérebro, algumas pessoas podem ter mais dificuldade em um estágio do sono NREM, por exemplo, e acabar despertando. 

Durante a noite, o indivíduo passa pelos dois momentos cerca de 4 a 6 vezes, dependendo da duração de cada etapa do sono, como você acompanha a seguir. 

O sono NREM e suas etapas

O período de sono NREM pode durar cerca 1h30 é dividido em 4 etapas, com tempo de duração e funções diferentes em cada uma delas. O objetivo desse momento de descanso é levar o indivíduo ao sono profundo e, consequentemente, a um descanso maior. 

  • Estágio 1: dura em média 5 minutos, é o momento de transição entre estar acordado e dormir, quando o corpo começa a relaxar para a noite de sono. Muitas pessoas tem dificuldades nesse momento e acabam perdendo o sono, por isso é importante sempre estar em um ambiente calmo e sem estímulos cerebrais;

 

  • Estágio 2: a fase pode durar de 10 a 60 minutos e é quando o sono se torna gradualmente mais profundo É nesse período que há uma maior relaxamento muscular e diminuição da frequência cardíaca.

 

  • Estágio 3: a fase pode durar cerca de 10 minutos, é o momento de transição para um sono ainda mais profundo. Muitos pesquisadores consideram essa etapa como uma só (junto com a 4), mas como muitas pessoas que têm problemas com sono acabam acordando nesse momento, alguns estudos consideram como uma fase a mais.   

 

  • Estágio 4: é o momento do sono profundo de verdade e dura de 20 a 40 minutos. Neste momento, os hormônios são regulados, as ondas cerebrais diminuem sua frequência e o corpo consegue total relaxamento. É quando o corpo e a mente descansam de fato.  

Depois que chega ao estágio 4 do sono NREM é comum que o indivíduo volte para o estágio 3 e depois novamente ao 4 antes de entrar na fase do sono REM. 

O sono REM

O momento do sono REM, como o próprio nome sugere (Rapid Eye Movement) é quando a pessoa mexe os olhos de maneira rápida e contínua, sendo possível inclusive observar tal movimento quando é muito intenso. 

Esse movimento acontece por conta do aumento das ondas cerebrais nesse momento do sono. Ou seja, quando o cérebro está mais ativo, os batimentos cardíacos aumentam novamente e a pressão sanguínea também, chegando a níveis de vigília, quase acordado. 

É nesse momento que as memórias são armazenadas e os hormônios de funções cognitivas são liberados, ajudando nas conexões neurais, na memória, criatividade e outros pontos. 

Pelo aumento das ondas cerebrais é também nessa fase que mais acontecem os sonhos, pois o cérebro reúne muitas informações ao mesmo tempo. 

Também é nesse período que distúrbios do sono como sonambulismo acontecem, pois o corpo parece estar “acordado”. Quem não sofre com sonambulismo tem os músculos paralisados pelo cérebro nesse momento do sono. 

O sono REM não é demorado, dura cerca de 30 minutos, mas é extremamente importante, pois é o que mais contribui com a saúde da cognição cerebral. Quem tem problemas para dormir e não consegue atingir essa etapa do ciclo do sono pode desenvolver problemas como ansiedade, por exemplo, além de sensação contínua de cansaço. 

A relação entre as fases do sono e a dificuldade de dormir

Todas as fases do ciclo do sono acontecem de 4 a 6 vezes por noite, considerando as oito horas de sono necessárias para uma boa saúde. Dessa maneira, todas as fases que passamos são:

Fase de sono Características Duração
NREM 1 sono leve 1 a 5 minutos
NREM 2 ganhando profundidade gradualmente 10 a 60 minutos
NREM 3 e 4 sono profundo de verdade 20 a 40 minutos
REM movimentos rápidos dos olhos, maior quantidade de ondas cerebrais, aumento do batimento cardíaco  10 a 60 minutos

Quando uma pessoa tem dificuldade para dormir, acaba atrasando o começo desse ciclo, o que atrapalha na sensação de descanso. Na hora de dormir, é preciso diminuir ao máximo os estímulos externos para ajudar o cérebro a entender que precisa entrar no ciclo do sono. 

Quando acorda em alguma no meio de alguma das etapas, tem o ciclo quebrado e precisa começar tudo de novo, o que também pode ser prejudicial para a saúde do sono, principalmente se acontecer no estágio 3 ou 4 do NREM. 

Se você tem problemas com seu ciclo do sono, seja de insônia ou distúrbios durante a noite, saber seu perfil ajuda a entender o que precisa ser feito para melhorar a situação. 

Baixe nosso ebook Persona Noturna e entenda sobre seu padrão de sono e o que fazer para dormir bem de verdade. 

Talvez você curta...